Blog

Jogos criados por mulheres despertam curiosidade e marcam gerações

Postado em 16 de abril de 2021 - por codeBuddy

A gente já começa com uma curiosidade pra deixar você pensativo! Segundo dados da Pesquisa Game Brasil (PGB) de 2020, as mulheres representam 53% dos gamers no Brasil. Quem ficou surpreso com a notícia, levanta a mão! ☝️

O número parece um pouco distante do que ouvimos, de que os homens saem na frente quando o assunto é videogame, não é mesmo? Mas não é bem assim!

Além de representarem a maioria dos gamers, os jogos criados por mulheres entraram pra história. 

Desde a época do Atari até os consoles mais atuais, as mulheres sempre estiveram presentes na indústria dos jogos digitais, ganhando notoriedade ao longo dos anos.

Por trás das telas, já estamos falando de jogos criados por mulheres – algumas podem até nem ser muito conhecidas, mas o que importa?

Aqui valorizamos a sua luta e o fato de terem entrado nesse mercado, contribuindo para a indústria dos games e para os passatempos de que tanto gostamos! ❤️

Vamos aproveitar, então, para conhecer um pouco mais sobre os jogos criados por mulheres e a história delas no mundo gamer!

1. Jogos criados por mulheres que marcaram a história

Carol Shaw

Carol Shaw e o clássico jogo desenvolvido por ela

Em um mercado em que games e, principalmente, programação de games era algo destinado aos homens, Carol Shaw destacou-se e fez história.

O que talvez muitos não saibam e que possa deixar todos boquiabertos é que foi ela a grande criadora do game River Raid, um dos jogos mais consagrados na história, do famoso e antigo Atari.

É difícil não se lembrar do game em que um aviãozinho enfrentava obstáculos para que fosse possível avançar até as outras fases. Ah, e quando o tanque de combustível começava a ficar vazio?

O “desespero” era nítido nas faces e nas mãos, suadas, de quem estava no comando. O corpo parecia ir “para lá e para cá”, imitando os movimentos do aviãozinho.

Quanta história, não é mesmo? Agora que já voltamos à infância, vamos lembrar dela, a grande criadora desse clássico?

O clássico jogo River Raid

Em um evento ocorrido em 2017, o The Game Awards – cerimônia que premia anualmente os melhores jogos eletrônicos do ano – Shaw foi homenageada por sua representatividade no mundo dos games. E o mais interessante? Ela foi a primeira mulher nessa indústria!

Na época, ela deixou um recado para a garotada mais nova, dizendo que hoje em dia existe uma série de ferramentas para o desenvolvimento de games que nem se sonhava que pudesse existir há 30 anos, facilitando o processo de aprendizado. Por aqui, nós adoramos eventos como esse, que incentivam a garotada a aprender mais sobre as profissões do futuro, e sempre incentivamos vocês, pais e mães, a inserirem, desde cedo, as crianças no mundo tecnológico.

Roberta Williams

Williams e sua família

Hoje cocriadora da empresa Sierra, Williams é considerada um ícone da história dos videogames. Mas o começo da história de sucesso de Roberta revela algo que ninguém esperava na época. Ela descobriu, no computador do seu marido, um jogo de aventura de texto, cujo nome era Colossal.

A partir daí, ela mesma decidiu criar o seu próprio jogo de aventuras, e o desenhou na mesa da cozinha de sua própria casa. Isso em 1979, quando os computadores eram tidos como objetos para uso profissional e eram muito caros.

E ninguém imaginava que, no ano seguinte, em 1980, Roberta lançaria o jogo de aventuras “Mystery House”, que vendeu cerca de 80 mil cópias. Como se pode ver na imagem abaixo, era um game formado por gráficos muito diferentes dos poucos que existiam na  época. Você sabia dessa? 😉

 Tela do jogo Mystery House

A habilidade para contar histórias enriquece os games de Roberta, e hoje seus principais destaques são “King ‘s Quest”, “Phantasmagoria” e “Mystery House”. Em 2014, ela também ganhou o mesmo prêmio que Shaw, The Game Awards, pela trajetória da sua empresa. 

Aproveitando a oportunidade, a gente convida você a ler o artigo: Mulheres na tecnologia e no empreendedorismo, um destaque e tanto, para que se inspire ainda mais e veja como a mulher tem, sim, espaço nesse meio! 💪

Rhianna Pratchett

Rhianna Pratchett, escritora de Tomb Raider

Se tem um jogo criado pelas mulheres cujo nome não sai da cabeça é Tomb Raider. E foi Rhianna quem elaborou, produziu e desenvolveu Lara Croft no reboot de Rise of The Tomb Raider, em 2013.

E não para por aí. Rhianna é autora, também, de jogos como Rise of the Romb Raider, Heavenly Sword, Mirror´s Edge e Overlord. E o mais curioso: sua história de sucesso não termina aí. Rhianna também escreve histórias em quadrinhos. Um talento e tanto, né? 😉

Rhianna está entre as mulheres que merecem destaque no mundo dos games, e sempre busca ampliar a representatividade feminina em seus jogos, tanto que suas personagens mulheres são sempre muito completas.

Por essa dica você não esperava!

Agora que você já conhece um pouco mais sobre a presença feminina no universo dos games e os jogos criados por mulheres, está na hora de saber por que investir em tecnologia é sinônimo de investimento no futuro do seu filho! A gente explica!

Vivemos um momento de muitas mudanças no mundo, portanto, é preciso que estejamos preparados para enfrentar essa nova realidade. Muitas profissões deixarão de existir e outras, na contramão desse processo, ganharão ainda mais força. É o caso das profissões ligadas à área de tecnologia!

As empresas já enfrentam um processo de adaptação para que estejam aptas a atender seus clientes, saindo à frente da concorrência. O setor de tecnologia precisa estar ativo e atualizado para levar às empresas práticas mais modernas que as ajudem a passar por esse momento de mudanças. 

Estamos falando de uma área que tem várias ramificações, e sempre há espaço para quem realmente está preparado. Por isso que sempre enfatizamos que, quanto antes a criança for inserida no ambiente tecnológico, mais eficiente será o aprendizado. 

Conheça a nossa metodologia e os nossos diferenciais em um curso rápido, aqui, e proporcione uma chance única a quem você mais ama! ❤️

Banner codeBuddy - Curso Regular

Compartilhe esse texto

< Blog >

Outros artigos

6 competências que ensinamos na codeBuddy sobre segurança na internet

6 competências importantes para segurança na internet

4 coisas que você precisa saber sobre a Educação 4.0

4 coisas que você precisa saber sobre a Educação 4.0

O que é metaverso e qual a sua relação com a educação infantil?

Cultura e tecnologia: entenda essa relação e sua importância para o futuro

3 brinquedos DIY recicláveis para fazer com o que você tem em casa

10 brinquedos do Walt Disney World para jovens e crianças ultra digitais

3 séries do Disney Plus para crianças e jovens que amam tecnologia

5 jogos da Disney para crianças e jovens protagonistas