Blog

Entenda os benefícios educacionais da programação de games

Postado em 20 de setembro de 2019 - por codeBuddy

Para quem acompanha o blog da codeBuddy, não é surpresa que consideramos que a tecnologia e, especialmente, os games, são uma ótima ferramenta para o aprendizado de habilidades como o raciocínio lógico e o pensamento matemático. E é claro que isso faz parte desse nosso repertório, certo? Conheça os benefícios da programação de games!

Essas habilidades são trabalhadas diretamente no contato da criança ou adolescentes com os games. Jogos como o Minecraft (muito utilizado na codeBuddy) são conhecidos no mundo todo por alimentar a resolução de problemas e a criatividade em públicos de todas as idades.

Agora, imagine que para que milhões de pessoas no mundo todo possam se divertir e avançar algumas capacidades mentais, equipes de programadores, designers e engenheiros trabalham apaixonadamente para criar os complexos mundos dos games.

Quando adquirimos um desses produtos, muitas vezes não imaginamos que existe um mercado de trabalho e especialistas com grande preparo por trás de todos os pequenos detalhes de um game.

Aprender a linguagem de programação desde cedo significa abrir portas para um futuro promissor não apenas para o mundo dos games, mas também para a atuação e posicionamento em mundo cada vez mais conectado no virtual.

Nesse artigo, vamos falar um pouco dos benefícios do ensino da linguagem de programação para o desenvolvimento de crianças e adolescentes que amam tecnologia.

Vamos lá?

Adolescente de costas em frenet ao computador vendo os programas usados para programar games.

O aprendizado matemático na linguagem de programação

O mundo online é basicamente constituído por números.

Desde os primórdios da informática, qualquer processamento realizado em um computador é baseado na mesma premissa: composições e cálculos que se baseiam em 0 ou 1. Isso é chamado mundialmente de código binário.

Agora, pense que todos os mais complexos sistemas – desde o despertador de seu celular até os sistemas em naves espaciais – são baseados em conjuntos e cálculos envolvendo apenas 0 e 1.

Parece loucura, não é?

A simplicidade deste sistema é justamente o que faz do aprendizado da linguagem de programação um grande incentivo ao desenvolvimento matemático. É por meio da adoção  da lógica de programação que sistemas complexos podem ser completados e até mesmo mudar o rumo de nossas vidas.

Um dos maiores problemas para quem sem se pergunta como desenvolver o gosto pela matemática em crianças é encontrar formas práticas de conectar o pensamento abstrato ao mundo material. E nesse quesito a programação de computadores é uma ferramenta maravilhosa.

Você já ficou perdido(a) em uma atividade por um tempo, totalmente compenetrado(a), até chegando a perder a noção do tempo e do espaço? Não é incomum vermos alunos em aulas de programação aqui na codeBuddy com esse nível de foco e concentração na hora de criar um novo game de sua autoria.

Programação de gameTime de três pessoas na frente do computador mexendo com programação.

O aprendizado da lógica pela programação de computadores

Qualquer pessoa que deseja aprender a criar programas, aplicativos ou jogos, irá se deparar com uma mesma situação: independentemente da linguagem utilizada, do programa necessário para compilar os jogos ou da década em que vivemos, a lógica é a mesma.

O processo de aprender a programar envolve, justamente, a absorção dessa lógica.

Os programas mais simples utilizam da frase  “se…” para indicar à máquina o que ela deve fazer em cada situação.

Quando você usa um computador e clica em uma pasta para abri-la, existe um comando previamente programado que diz para o sistema “se o usuário clicar na pasta x, abra a pasta x”.

Parece simples, mas esse é um exemplo demonstra a lógica inicial que qualquer aluno de programação irá aprender.

Se você já preencheu um formulário online, por exemplo, deve ter encontrado ao final da página um botão com os dizeres “confirmo as informações”. Porém, se você esqueceu de preencher algum campo importante, o sistema irá te barrar, não é mesmo?

Esse sistema funciona pela mesma lógica. Por exemplo: “se o usuário clicar em avançar e não tiver preenchido os campos, mostre o aviso: preencha os campos”, da mesma forma “se o usuário tiver preenchido todos os campos, avance para a página final”.

Esse é um exemplo muito simples da linguagem de programação. Como você pode notar, trata-se de uma linguagem pois os comandos são uma verdadeira comunicação com a máquina, indicando o que fazer em cada situação.

Pessoa mexendo no computador fazendo programação de games.

Como a linguagem de programação ajuda na resolução de problemas

A nossa cultura moderna acostumou-se a tratar o erro como uma coisa essencialmente negativa.

Esse é, inclusive, um dos grandes motivos pelos quais muitas crianças veem a matemática como um verdadeiro “bicho papão”, com seus cálculos, provas e problemas. O medo de errar e, com isso, fracassar, é um sentimento que mina a criatividade e a inovação, pois o crescimento envolve sempre um fator de risco.

No aprendizado de programação, pelo contrário, crianças e adolescentes são encorajadas a entender o erro como uma forma de desenvolvimento.

Quando você cria um sistema, uma comunicação com a máquina é estabelecida, no movimento de traduzir comandos em códigos que serão convertidos em 0 e 1 no chip do computador.

Porém, isso não seria uma verdadeira comunicação caso a máquina não pudesse responder! E é justamente nos chamados bugs (erros de código) que um(a) aprendiz de programador(a) pode compreender o que há de errado no sistema, o que pode ser modificado, melhorado, recriado.

Nos jogos, a questão é a mesma! Por ser um ambiente virtual e deslocado da vida, as crianças são levadas a aprender com os erros até conseguirem superar determinada fase ou obstáculo.

Em outra escala ainda, o mundo das novas empresas – como as grandes startups que lideram mercados no mundo contemporâneo – trata justamente da resolução de problemas através da criatividade.

Mãos de desenho animado mexendo em joystick e jogando um game.

A programação de games é divertida e impactante

Todos esses passos que descrevemos envolvem a programação de qualquer sistema, programa ou aplicativo. No entanto, quando o assunto é educação de crianças e adolescentes, a criação de games pode ser um incentivo a mais.

Se seu filho ou filha ama tecnologia e jogos, você consegue imaginar o brilho em seu olhar no momento em que terminar de construir o seu próprio universo interativo? Diante a possibilidade de compartilhar com amigos(as) a sua nova criação?

Se os jogos ajudam a desenvolver a lógica e a criatividade, criar os próprios jogos pode ser um verdadeiro divisor de águas na hora de criar uma relação ativa e positiva com o mundo tecnológico em que vivemos.

Na codeBuddy, nós utilizamos todas essas abordagens para criar um universo de aprendizado criativo, instigante e moderno para nossos alunos. A programação de games faz parte da nossa rotina e os resultados são sempre incríveis: alunos muito mais curiosos e motivados!


Inscreva seu filho em nosso curso rápido para ele cruar um game em 4 aulas. Confira aqui!
Compartilhe esse texto

< Blog >

Outros artigos

6 competências que ensinamos na codeBuddy sobre segurança na internet

6 competências importantes para segurança na internet

4 coisas que você precisa saber sobre a Educação 4.0

4 coisas que você precisa saber sobre a Educação 4.0

O que é metaverso e qual a sua relação com a educação infantil?

Cultura e tecnologia: entenda essa relação e sua importância para o futuro

3 brinquedos DIY recicláveis para fazer com o que você tem em casa

10 brinquedos do Walt Disney World para jovens e crianças ultra digitais

3 séries do Disney Plus para crianças e jovens que amam tecnologia

5 jogos da Disney para crianças e jovens protagonistas