Blog

Qual a idade certa para começar a programar

Postado em 30 de dezembro de 2019 - por codeBuddy

Se você acompanha o blog da codeBuddy, já deve saber que somos grandes entusiastas da programação infantil, tanto para crianças, quanto para adolescentes. Aqui nós mostramos como é uma forma eficaz e divertida de educar sobre tecnológica e lógica.

No entanto, quando o assunto são crianças, é natural que os pais comecem a se perguntar qual é a idade certa para começar a programar.

Afinal, quando é cedo ou tarde para inserir os filhos em um contexto de aprendizado que envolve o uso de equipamentos tecnológicos?

Pensando nessa questão, nós da codeBuddy resolvemos responder essa pergunta de acordo com nossa experiência educacional positiva.

Vamos lá?

Menina fazendo aula de tecnologia e programação infantil.

Quando é o melhor momento para as crianças entrarem em contato com a tecnologia?

É um fato consumado: vivemos em uma era de onipresença da tecnologia nas mais variadas áreas da vida. Seja na hora de nos comunicarmos, de consumirmos conteúdos midiáticos ou até nas transações bancárias, ficou normal fazer operações pelo celular ou por gadgets como tablets e computadores.

Esse é um dos maiores fatores a serem considerados na hora de decidir matricular uma criança em um curso de programação de computadores.

Afinal, quando é o momento ideal para as crianças começarem a sequer entrarem em contato com telas e mecanismos digitais?

O primeiro ponto importante é que as crianças dessa geração já estão nascendo e crescendo em mundo altamente tecnológico. Existem pesquisas que estimam que a idade média em que as crianças estão ganhando seus primeiros celulares é 10 anos de idade.

É claro que existem exemplos de crianças que desde mais cedo já estão assistindo desenhos ou jogando em tablets e celulares.

Especialistas em educação infantil recomendam, a despeito das estatísticas, que o uso da tecnologia deve ser monitorado por pais ou adultos a partir dos 13 anos de idade. Essa faixa etária condiz com o limite etário sugerido pelas maiores redes sociais, como Facebook e YouTube e condizem com as limitações governamentais que dizem respeito à propaganda voltada para crianças.

Menina de costas em sala de aula tecnológica usando tablets para estudar.

O ensino de programação pode acompanhar o desenvolvimento pré-escolar das crianças

Apesar das recomendações de especialistas, existem crianças entre 3 e 4 anos de idade que já estão usando os aparelhos de seus pais para consumirem conteúdo infantil, da mesma forma que a TV se consolidou.

No entanto, crianças nessa faixa etária estão ainda compreendendo o funcionamento do mundo em termos táteis e sensíveis. Isso significa que a experiência de brincar ao ar livre ou com brinquedos físicas é essencial.

Considerando a novidade da exposição infantil para as tecnologias, devemos considerar que existe muito ainda a ser compreendido a respeito do envolvimento das crianças com telas.

Quando as crianças começam a ir para a escola, alguns dos conceitos primários, como a leitura, escrita e raciocínio lógico, começam a ser desenvolvidos por meio das disciplinas básicas.

A partir dessa idade, podemos dizer que o ensino tecnológico pode ser uma boa maneira de inserir as crianças em um modelo educacional moderno e inovador, sem o prejuízo de uma exposição precoce às tecnologias digitais.

No entanto, é importante salientar que existe uma diferença muito grande entre aulas de programação, acompanhadas por instrutores, do uso livre dos aparelhos tecnológicos.

A educação tecnológica, ao contrário, pode permitir que o contato futuro das crianças com a tecnologia seja feito de maneira mais consciente e positiva.

Imagem animada com várias mãos para cima segurando celulares e tablets com símbolo de wi-fi nas telas.

Porque aprender a programar desde cedo?

Partimos do pressuposto que a tecnologia é um fator inevitável em nosso mundo. Assim, na hora de pensar em qual a idade certa para começar a programar, consideramos que essa instrução será necessária para que a criança aprenda a lidar com as novidades tecnológicas.

Com a tecnologia presente em todos os cantos, é natural que as crianças comecem a expressar um interesse por ela desde cedo. Os pais que buscam privar totalmente esse contato podem gerar uma sensação de deslocamento e isolamento, especialmente pelo fato de que as outras crianças irão falar abertamente sobre seus jogos, gadgets e até mesmo redes sociais.

A ideia de incentivar o aprendizado da programação desde cedo vem da constatação recente de que a linguagem de programação estão aos poucos se tornando uma segunda língua universal.

De fato, o aumento crescente da vida virtual nos mais variados momentos da vida cotidiana pode exigir, no futuro, a linguagem de programação enquanto um letramento similar ao aprendizado de inglês.

Menino pequeno de óculos com a mão no rosto pensando.

Entenda qual é a idade certa para começar a programar

O ensino de programação, acompanhado de disciplinas escolares tradicionais, pode significar um aumento considerável da criança do pensamento matemático, da criatividade e até mesmo de habilidades sociais.

Não é a toa que o ensino de tecnologia para crianças tem crescido muito em termos de popularidade.

Considerando tudo isso, sugerimos que a idade mínima para começar a aprender programação gira em torno de 7 anos de idade.

No entanto, a verdadeira idade certa para uma criança ou adolescente começar a programar é justamente o momento em que esse interesse pela tecnologia começa a aparecer.

Na codeBuddy temos alunos e alunas que obtém resultados incríveis nos cursos voltados à todas as faixas etárias, desde 7 à 16 anos de idade.

Uma criança com 10 anos de idade pode apresentar grandes qualidades lógicas e simplesmente amar desenvolver seus próprios jogos e aplicativos. De modo similar, um(a) adolescente de 16 anos pode começar o aprendizado e desenvolver sites, jogos e aplicativos de deixar qualquer um de boca aberta!

A experiência codeBuddy demonstra que, para além da idade, o que importa é a paixão que os(as) alunos demonstram pela potência criativa do ensino de programação.

Experimentar para aprender!

Se você ainda tem dúvidas se seu filho ou filha está em uma boa idade para aprender a programar, não exite em procurar a codeBuddy e agende agora mesmo uma aula experimental gratuita! Será uma honra.

Banner curso Start to Code

Compartilhe esse texto

< Blog >

Outros artigos

6 competências que ensinamos na codeBuddy sobre segurança na internet

6 competências importantes para segurança na internet

4 coisas que você precisa saber sobre a Educação 4.0

4 coisas que você precisa saber sobre a Educação 4.0

O que é metaverso e qual a sua relação com a educação infantil?

Cultura e tecnologia: entenda essa relação e sua importância para o futuro

3 brinquedos DIY recicláveis para fazer com o que você tem em casa

10 brinquedos do Walt Disney World para jovens e crianças ultra digitais

3 séries do Disney Plus para crianças e jovens que amam tecnologia

5 jogos da Disney para crianças e jovens protagonistas